Registe-se AGORA e Ganhe 6€ em Vale de Desconto imediato... E muito mais!

Chocolate Seus Efeitos, Beneficios

Posted by in on December 15, 2013 . 0 Comments.

Chocolate seus Benefícios, Malefícios e Efeitos para a Saúde.


Estudo realizado e publicado pela revista médica inglesa New England Journal of Medicine de Outubro de 2012, conclui que existe uma interligação entre o número de prémios Nobel e o consumo de chocolates: países que consomem mais chocolates per capita têm maior índice de premiados. A razão mais razoável é a de que o chocolate aumenta a capacidade de processamento cerebral, também conhecida como função cognitiva.

O consumo do chocolate é para muitos um momento de prazer imenso, para outros o chocolate torna-se na companhia perfeita quando se sentem cansados. Algumas pessoas não conseguem mesmo viver sem o consumo quase constante do chocolate. Muitas pessoas até se dizem viciadas nele. Quantos mistérios poderão estar escondidos dentro de um delicioso bombom ou de uma barra de chocolate?

Qual o Misterioso e Apetitoso Benefício do Chocolate?

A resposta a esse segredo pode estar nos flavonóides, que se encontram presentes no chocolate e também nos chás. Estes compostos têm reconhecidas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Estudos confirmaram também que os flavonoides melhoraram o funcionamento cerebral em idosos com demência que consumiram bebidas à base de chocolate. Ainda relativamente ao cérebro, o consumo de 50 g de chocolate rico em cacau (versões mais amargas) mostrou reduzir em mais de 14% as taxas de probabilidade de AVC em mulheres e homens.

Os chocolates com leite elevam os índices de mau colesterol, mas os meio amargos com pelo menos 60% de cacau influem na redução do mau colesterol.

O consumo de chocolate também pode ser benéfico para o sistema cardiovascular. Um estudo Sueco de nove anos de duração concluiu que as pessoas que consumiam chocolate com alto teor de cacau, uma a duas vezes por semana, apresentavam menores taxas de insuficiência cardíaca, enquanto aquelas que consumiam o chocolate diariamente não apresentavam esse benefício. Mas por outro lado, foram encontrados relatos de equilíbrio nos índices de pressão arterial naquelas pessoas que consumiram chocolate todos os dias.

Vários estudos demonstraram que o chocolate influi de forma positiva sobre o humor. A hipótese é a de que o chocolate exerce influência sobre dois sistemas cerebrais que ajudam a controlar as emoções: são eles o sistema dopaminérgico e o opióide. Nesse caso, o chocolate é encarado como um "alimento conforto". Ou seja, aquele componente nutricional que provoca sensações em quem a ingere. Geralmente os chamados alimentos conforto são aqueles alimentos mais ricos em calorias, gorduras ou açucares e de mais fácil digestão. O problema é que o consumo destes ditos alimentos de conforto em situações negativas da nossa vida, estão precisamente associados ao desenvolvimento de um tipo de humor mais deprimido, como acontece com o chocolate. Isso quer dizer que o alívio imediato, mas não sustentado, pode desencadear mais efeitos negativos que positivos. Porém, ainda não existe um consenso sobre os reais benefícios psicológicos do chocolate e muito ainda precisa de ser estudado para se chegar a uma conclusão definitiva.

Afinal, o chocolate tem efeitos benéficos?

Ao saberem de todos esses benefícios, muitos poderão pensar que o consumo de chocolate é um remédio santo. No entanto, as coisas não serão exactamente assim, até porque também existe a outra face da mesma moeda. Ou seja, o lado menos positivo. Os apetitosos chocolates que habitualmente consumimos são geralmente adicionados de açúcares e gorduras saturadas. Estes dois elementos não são nada benéficos para a manutenção da nossa saúde e bem-estar. A nossa preferência deve ser dada aos chocolates meio amargos, que apresentam uma composição com maior teor de cacau. Os chocolates de leite aumentam os níveis de mau colesterol, mas em contrapartida, os chocolates meio amargos com pelo menos 60% de cacau reduzem o mau colesterol no nosso corpo.

Como tudo e em todas as coisas, o equilíbrio no consumo do chocolate é a regra fundamental para desfrutar deste delicioso alimento. A revista médica Archives of Internal Medicine publicou um artigo com a conclusão de que o consumo frequente de chocolate estava associado a menores índices de massa corporal (IMC), sugerindo que os antioxidantes presentes nos chocolates poderiam ser responsáveis por esta influência sobre o peso corporal. A ideia é que o consumo de chocolate com maior teor de cacau, os meio amargos, seja de fato benéfico. No entanto, deve ser incorporada na dieta em pequenas quantidades. Apesar dos inúmeros estudos sobre os seus benefícios, o chocolate é um alimento muito calórico e que se for consumido em excesso irá sim levar ao aumento de peso.

Para concluir, a CorposFlex Suplementos deixa-lhe este exemplo: Todos sabemos que a corrida trás imensos benefícios para a saúde, mas se passar muitas horas a correr pode provocar o desenvolvimento de lesões nos músculos e articulações. O raciocínio é o mesmo para o chocolate, até mesmo o meio amargo: se for consumido em excesso irá provocar o aumento de peso e deste modo, perderemos os seus potenciais efeitos e resultados benéficos. Medite sobre isso!

Referenciais bibliográficos:

Sorond, FA. Neurovascular coupling, cerebral white matter integrity, and response to cocoa in older people. Neurology, 2013; DOI: 10.1212/WNL.0b013e3182a351aa;

Messerli FH. Chocolate consumption, cognitive function, and Nobel laureates. N Engl J Med. 2012;367:1562-1564;

Larsson SC, Virtmo J, Wolk A. Chocolate consumption and risk of stroke in women. J Am Coll Cardiol. 20;

Flammer AJ, Sudano I, Wolfrum M, et al. Cardiovascular effects of flavanol-rich chocolate in patients with heart failure. Eur Heart J. 2012;33:2172-2180;

Buijsse B, Feskens EJ, Kok FJ, Kromhout D. Cocoa intake.

chocolate - corposflex artigos
suplementos-alimentares-proteina-whey-comprar-loja-online-portugal-corposflex

Comments

Leave a Comment

Leave a Reply

* Name:
* E-mail: (Not Published)
   Website: (Site url with http://)
* Comment: